Pessoa viva de volta de Paris. Muito obrigada <3 - # 05

Diretamente do Face:

Ontem, enquanto eu dava voltas pelo centro em busca do ponto de ônibus que o google me indicava, ia pensando também na minha vidinha financeira. Se tem um aprendizado como 'Pessoa viva...' que tem ficado cada vez mais claro é o de não poder *mais* ignorar o quanto ela é meu "elefante branco na sala", como o povo da gringa se refere a algo que tá na nossa cara, mas que preferimos não endereçar... Nunca enderecei decentemente minha vida financeira, fato. Pois eu ia lá caminhando e tentando bolar formas de me relacionar com meu elefante, de encará-lo, de entender porque nunca quis olhar na sua cara, de passar a fazer contato visual com a criatura, de, quem sabe, sermos amigos, dele um dia ir embora pro seu habitat, qualquer coisa. Saí com o seguinte pensamento: "Bem que eu podia começar a achar notas de R$ 100 na rua!" Ok, não deve ser bem por aí, "mas bem que eu podia!", e comecei a me esforçar em ter ideias práticas, vai. Bom, alguns bons minutos e quilômetros depois, achei esta nota de R$ 5 que vos aparece aqui. Não sei, tô achando que meu elefante já me escuta de algum jeito. :)

P.S.: Quinta, dia 18, a partir das 20h na Laboriosa89, tem 'Pessoa viva de volta de Paris conta tudo =) '. Rola um medinho (meu primeiro encontro!), mas estarei lá mesmo assim. Vem tb! 

<3